Logo_sinagoga
Logo_comemorativo
Slider_provisorio
Titulo_familias

Valdomiro Chukster

Histórico da Família Chukster

Valdomiro Chukster (Vulf Sholem), z”l, nasceu na pequena Saloke interior da Lituânia, aos 12.02.1913, penúltimo filho da prole de Henrique Jaime (Tzvi Chaim) e Tília (Tile).

Toda a família, os seus pais e cinco filhos, aportaram no Brasil em 02.04.1927, estabelecendo-se, inicialmente, na Vila, hoje município de Quatro Irmãos, na região norte do Rio Grande do Sul.

Valdomiro casou com BERTHA LECHTMANN (Broche), a 05.10.1937, filha de Maurício (Moishe) e Guilhermina (Genehendel) e nascida em Quatro Irmãos, aos 15.02.1917. Bertha tinha cinco irmãos. Destaca-se que o casal, quanto seus pais e irmãos, lamentavelmente, encontram-se todos falecidos.

Valdomiro e Bertha tiveram três filhos, o primeiro, Moacyr (Moishe), de 14.03.1940, nascido em Erebango, então distrito de Getúlio Vargas-RS; o segundo, Milton (Méier), nascido em Quatro Irmãos, à época distrito de José Bonifácio, hoje Erechim-RS, este nascido a 03.05.1941; e o terceiro, Sérgio José (Sender Yossef), que nasceu em Passo Fundo-RS, em 26.06.1947.

Valdomiro mudou-se com sua esposa e filhos para Passo Fundo, em busca de melhores negócios (parnuce) e pensando num futuro melhor para os filhos, em 1945, logo após o fim da segunda grande guerra mundial. Entretanto seu destino não era o comércio, como ocorria com seus parentes e amigos, vez que sempre aflorava sua verdadeira vocação, que se constituía no ofício religioso.

Valdomiro estudara, por vários anos na Escola Preparatória para o Rabinato, em Slabotke, na época uma das principais cidades da Lituânia, jamais deixando de aprimorar-se no Brasil, sempre que surgissem oportunidades para tanto.
Assim, inobstante não fosse Rabino formado plenamente, possuía amplas credenciais como Magarefe (Shoichet) e cantor de sinagoga (Chazan), podendo oficiar, com perfeição, todos os demais ofícios religiosos judaicos sacramentais, como batismos, casamentos, funerais, etc. E no exercício dessas atividades, atuou por longo período junto a Sinagoga da Sociedade União Israelita de Passo Fundo–RS e mais tarde, após 1964, oficiando na Sinagoga da União Israelita Porto Alegrense, até ficar seriamente doente, vindo a falecer em 28.08.1998 (6 de Elul de 5758), aos 85 anos.

Bertha veio a nos deixar em 04.09.2003 (8 de Elul de 5763), aos 86 anos, com a mesma lucidez com que lutou na criação dos filhos e rememorava fatos históricos que enriqueceram muitas obras de autores patrícios acerca dos judeus que formaram as primeiras colônias no país. Era, realmente, uma mulher notável, conforme depoimento de parentes e mesmo de estranhos. Registra-se, para fins históricos, que, por falhas nos registros de imigração, o nome da família aparece grafado de várias maneiras, sendo, no entanto, do mesmo grupo, a saber: Chukster, Schukster, Sukster, Suksteris, Chukstê, Suchster, ao que nos é dado consaber hoje.

O filho Moacyr, graduou-se em Administração de Empresas e Contabilidade, exercendo a função de Administrador e Corretor de Imóveis ainda hoje. É casado com Lígia Maria Ricardi Schukster, Pedagoga e Supervisora Educacional e residem na Capital gaúcha. É detentor de comendas, como: Representativa do Comando do Corpo de Bombeiros da Brigada Militar-RS (01/03/2002); Medalha de Defesa Civil – Município de Porto Alegre/RS –
(10/10/2001); Alfinete de Ouro - Sindimóveis – (28/09/2005) e Cidadão Honorário de Porto Alegre (15/12/2009).
O filho Milton graduou-se em Ciências Jurídicas e Sociais e em Contabilidade exercendo, hoje a advocacia em Imbituba-SC. É sócio remido do Clube Recreativo Juvenil, de Passo Fundo-RS, para não esquecer das raízes profundas daquela comunidade em sua vida. Atualmente é sócio efetivo da Associação Israelita Catarinense – AIC. É casado com Estela (Kohava) e tem duas filhas: Rina (Rina), bacharel em Direito e Luiza (Tile), que cursa Psicologia.

Estela é Farmacêutica Bioquímica e Artista Plástica. Milton já exerceu o cargo de Grão–Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Rio Grande do Sul e de Vice-Presidente da Quinta Zona de Confederação Maçônica Interamericana (1975/1978) e representou a Maçonaria da América Central e da América do Sul (1976) na Primeira Peregrinação à Israel, quando manteve encontro com o então Primeiro-Ministro Itzhak Rabin e com o Prefeito de Jerusalém, Ted Koleck, na oportunidade. Desempenhou as funções de Diretor Executivo da FIRGS (Federação Israelita da Rio Grande do Sul) entre 1971 e 1972. Milton foi, ainda, co-fundador do Garden Club e do Clube Capinguí, ambos de Passo Fundo, bem assim do clube dos Bacharéis em Ciências Contábeis de Porto Alegre. É professor universitário. É cidadão Imbitubense cujo título lhe foi outorgado pela Câmara Municipal de Imbituba, e destaque profissional na mesma cidade.

O filho Sérgio José é graduado Cirurgião Dentista, atuando em Porto Alegre ainda nos dias atuais. Participa ativamente da vida judaica comunitária como membro da Sinagoga Linat Hatzedek, há muitos anos, contribuindo para a continuidade do exercício da fé e do Idishkait. Valdomiro Chukster legou para a família o seguinte desejo talmúdico: “Toda a família, nossos filhos, noras e netos, devem reunir-se ao menos uma vez por ano, de preferência no Pessach, para manterem acesa a união familiar e jamais esquecerem de suas origens, e que assim seja transmitido aos seus herdeiros pela posteridade.” Pelo apoio espiritual e pelos ensinamentos legados a muitos, espera-se que algum dia seja por todos lembrado, considerando seu exemplo de fé inquebrantável na crença em Deus e no futuro da humanidade.

Titulo_fotos
Logo_sinagoga_rodape

2012. Todos os Direitos Reservados. Sociedade União Israelita de Passo Fundo/RS
Rua Gen.Osorio, 1049 , CEP 99010-140

Logo_comemorativo_rodape
Assina_criativitta