Logo_sinagoga
Logo_comemorativo
Slider_provisorio
Titulo_familias

Sirotá

FAMÍLIA FRANCISCO E CLARA SIROTÁ

Francisco Sirotá - filho de Isac e Rivke Leie, nasceu na Rússia Branca (Bielo Rússia) em 1900. Seu pai foi convocado para lutar na guerra entre a Rússia e o Japão (1904 - 1905). Ao retornar, sua mãe estava com a documentação encaminhada para emigrar, e justificou ao marido: "não vou dar meus filhos para o czar".

O casal emigrou para a Argentina com seus filhos Benjamin, Francisco, León, Samuel, Jaime, Moishe, David e Tereza (Tube). Dirigiram-se para o interior do país - Concepción del Uruguai, onde Francisco trabalhou desde tenra idade. Ainda adolescente mudou-se para Buenos Aires e trabalhou com seu "chaver" Ioisef (José Arenzon) - viajavam pelo interior compravam ferro velho e vendiam na capital. Nesta cidade seu lazer predileto eras frequentar o teatro "idish".

Na década de 20 juntamente com os irmãos Arenzon (Jacob, José e Natal) veio para o Brasil. Se fixaram na linha 8 (entre Erechim e Quatro Irmãos), trabalhando como carroceiro no armazém do Sr. Abrão Litvin. Em Quatro Irmãos conheceu Clara Tabojniansky filha de Naum e Amália (Ester Malque).

Clara nasceu na Besarábia (hoje República Moldava) em 1907, e por volta de 1912 emigrou para o Brasil com seus pais e seus irmãos: Maurício (Moishe), Ida e Rosa. No Brasil nasceram suas irmãs Fermina e Frida (gêmeas) e Julieta. Estabeleceram-se em Quatro Irmãos - RS.

Francisco e Clara casaram em 1928. Foram morar em Treze de Maio (hoje Áurea) onde nasceram suas filhas Noêmia e Ida. Mudaram para Sananduva onde nasceu sua filha Ides. Em 1945 mudaram para Passo Fundo, para que suas filhas vivessem em ambiente "idish" e tivessem a oportunidade de desenvolver seus estudos com qualidade (boa educação para os filhos - preocupação essencial do povo judeu).

Em Passo Fundo dedicaram-se (como sempre o fizeram) ao comércio, armazém e bazar.

Viveram intensamente a vida comunitária israelita, frequentando assiduamente a sinagoga, participando de sua vida espiritual, religiosa e social.

Francisco fez parte ativa de sua diretoria, exercendo durante muitos anos, as funções de tesoureiro.

Quem frequentou a sinagoga naquele tempo, deve lembrar de seu Chico (Francisco) batendo na mesa para solicitar silêncio, e, ainda poderá ouvir o som do "shofar", soprado por ele nas festas religiosas. Quem sabe... o sabor do licor e das bolachinhas que trazia de seu armazém, todos os anos, para quebrar o jejum no final do Iom Kipur.

Nesta sinagoga realizaram o casamento de suas três filhas: Noêmia com o Sr. David Litvin (filho de Arão e Paulina), em 1952. Ida com o Sr. Naum Zatz (filho de Henrique e Ida), em 1956. E Ides com o Sr. Daniel Viuniski (filho de Moisés e Raquel) em 1961.

De Noêmia e David, nasceram seus netos Ester Malque, Rebeca e Salomão, e os bisnetos Clara, Guilherme, Gabriela e Adriano. De Ida e Naum, os netos Rosana e Sérgio, e os bisnetos Marcelo e Fernando. De Ides e Daniel, os netos Nataniel e Denise e as bisnetas Verena, Luiza e Carolina.

Em 1975 passaram a residir em Porto Alegre, onde vieram a falecer Clara em 1979 e Francisco em 1982.

Titulo_fotos

Clique nas fotos para ampliar

01
02
03
04
05
06
07
Logo_sinagoga_rodape

2012. Todos os Direitos Reservados. Sociedade União Israelita de Passo Fundo/RS
Rua Gen.Osorio, 1049 , CEP 99010-140

Logo_comemorativo_rodape
Assina_criativitta