Logo_sinagoga
Logo_comemorativo
Slider_provisorio
Titulo_fotos

01/05/2017

Bar-Mitsvá de Michel Marouani

No dia 1º de maio ou 5 de Iyar no calendário judaico ocorreu a cerimônia de Bar-Mitsvá (filho do mandamento) do jovem Michel Marouani no Centro Judaico Novo Horizonte na cidade de São Paulo, local este que se encheu de alegria devido ao momento importante na vida de Michel. Esta cerimônia marca a completude da maioridade religiosa judaica que ressalta a importância de cada um dos judeus na corrente ancestral do judaísmo. Assim, pela primeira vez, Michel pode fazer a colocação dos Teflin e também ser chamado para ler na Toráh, elemento fundamental da cerimônia, já que receber uma aliá, ou seja, ser chamado para a leitura é uma dádiva espiritual. De agora em diante terá a honra de compor o Minian (quórum de dez judeus adultos) necessário para as rezas. Suas aulas foram ministradas pelo Rabino Victor David Moritz e este processo teve o acompanhamento também de seu tio, o Rabino Mordechai Guertzenstein e a cerimônia foi realizada através do Rabino Noach Gansburg. Seus pais Marc Salomon Marouani e Sílvia Guertzenstein juntamente com alguns parentes e amigos convidados puderam ver a grandeza do momento da leitura na Toráh com a Parashá (porção da leitura da Toráh desta semana) chamada “Acharei Mot-Kedoshim”. Esta alegria também se estende para a Kehilá (Comunidade) da cidade de Passo Fundo no Rio Grande do Sul, o qual Michel e seus pais também fazem parte. Dias antes da viagem para São Paulo, Michel fez questão de ler a sua Parashá no Sefer Toráh da sua Sinagoga orientado pelo estudioso Vice-presidente Renato Alves Freitag e neste momento ficou sabendo que um dos rolos da Toráh um dia também foi a companhia de seu tataravô, o Grão-Rabino Dr. Marcos Guertzeinstein que por muitas vezes rezou através dos serviços religiosos que prestava na então Colônia de Quatro Irmãos/RS. O Presidente e Líder Espiritual da Sociedade União Israelita de Passo Fundo, Sr. Berel Natan Engelman elogiou pela dedicação do Michel e aproveitou para tecer o comentário que ele estava diante dos rolos sagrados que um dia foram copiados à mão e que obedece uma série de obrigações de produção, sendo a obra mais sagrada do judaísmo e que ele além de cumprir esta importante Mitsvá (Mandamento), estava ele tendo a honra de também poder ler onde por muitas vezes o seu bisavô que foi considerado o 1º Rabino do Brasil também lera e que esta Kehilá tem orgulho de poder guardar esses rolos na Aron Kodesh (Arca Sagrada) e que desta forma se perpetua a tão importante Ledor Vador para o povo judeu, ou seja de Geração em Geração. Assim como diz o Rabino Noach Gansburg: “Acender e manter a chama judaica no coração de cada criança, e fazer dela a garantia viva da continuidade do nosso povo. Essa é nossa grande missão.” Ao querido Michel Marouani e seus familiares, em meu nome e em nome de toda esta Kehilá, rogamos ao nosso Criador que possa E’le derramar muitas Brachót (Bênçãos) sobre este jovem que está no caminho da retidão. Mazál Tov!


Logo_sinagoga_rodape

2012. Todos os Direitos Reservados. Sociedade União Israelita de Passo Fundo/RS
Rua Gen.Osorio, 1049 , CEP 99010-140

Logo_comemorativo_rodape
Assina_criativitta